Conheça a casa inteligente que opera 100% fora da rede


Em uma fábrica em Nevada (EUA), uma grande impressora 3D imprime as peças de pequenas casas pré-fabricadas que podem funcionar totalmente fora da rede de energia elétrica. Quando concluídas, as casas funcionarão com energia solar, incluindo aquecimento e resfriamento.

Um sistema opcional gera água a partir da umidade do ar externo, por isso não é necessário conectar-se à companhia de fornecimento de água da cidade. No banheiro, a casa está entre as primeiras nos EUA a usar um novo chuveiro que limpa e recicla a água.

Criada por startup chamada PassivDom, a casa foi projetada para usar o mínimo de recursos possível. Inicialmente, a empresa não pretendia criar uma casa fora da rede de energia elétrica, mas seus desenvolvedores perceberam que isso era possível após testes com materiais para melhorar a eficiência energética, chegando a um compósito polimérico.

“Economizamos água e energia em tempo real”, diz o CEO e fundador da Orbital Systems, Mehrdad Mahdjoubi, que se inspirou para projetar o chuveiro após colaborar em um projeto da NASA para projetar um habitat para Marte.

O sistema economiza até 90% da água usada em no banho e 80% da energia. A Orbital estava interessada em trabalhar com a PassivDom pelo fato de que a empresa estava repensando a casa inteira, não apenas adicionando um punhado de recursos ecológicos diferentes a uma casa comum.

Segundo Mahdjoubi, a Orbital pode eventualmente expandir sua tecnologia para que ela possa ser usada em um sistema fechado maior em futuras casas, potencialmente enviando água filtrada para a lavanderia, por exemplo.

As novas casas da PassivDom estão atualmente em montagem na fábrica de Nevada e irão para os primeiros clientes beta no Arizona ainda este ano. A versão final das casas chegará ao mercado em 2020.

Fonte: http://inovasocial.com.br/tecnologias-sociais/casa-inteligente-passivdom/




Veja também



16 contêineres viram coworking público sustentável em Salvador
Técnica permite tornar produção de plásticos mais sustentável
Adidas vai produzir 11 milhões de tênis feitos com plástico dos oceanos
Floresta e uso diversificado do solo preservam abelhas e vespas