Home Biogás – Os resíduos orgânicos viram gás de cozinha




O HomeBiogas 2.0 é um sistema autônomo de digestão anaeróbia que trata adequadamente os resíduos orgânicos (restos alimentares, esterco animal e fezes humanas) no local de geração. No biodigestor de design único e arrojado um consórcio de microrganismos totalmente submersos em água e na ausência de oxigênio decompõe os resíduos orgânicos, produzindo biogás e efluente orgânico líquido.

O HomeBiogas foi inicialmente projetado para atender comunidades isoladas, com a intenção de substituir a queima de lenha ou outro combustível fóssil para cozinhar. Rapidamente o sistema HomeBiogas 2.0 foi implantado em ambientes urbanos, periurbanos e rurais por ser facilmente transportado e instalado, em reduzida área.

O sistema é construído a partir dos melhores materiais disponíveis, o que o torna extremamente durável, com 10 (dez) anos de vida útil. O HomeBiogas 2.0 tem garantia para substituição de qualquer peça que esteja com defeito ou falhe durante 24 (vinte e quatro) meses após a entrega do produto ao cliente.

A câmara de digestão e o reservatório de biogás são completamente vedados. Nenhuma quantidade de líquidos permeia pela câmara de digestão e nenhum gás é emitido pelo reservatório de biogás. Ao contrário de muitos banheiros secos ou compostáveis, o HomeBiogas não atrai pragas.

Para garantir a saúde dos usuários o sistema HomeBiogas 2.0 aborda os padrões de emissão filtrando o H2S (sulfeto de hidrogênio) do biogás que sai da câmara de digestão através de um filtro de carvão ativado especialmente projetado, antes de armazená-lo no reservatório de biogás. Com solução patenteada pela HOMEBIOGAS, que usa sacos de areia acima do reservatório de biogás, em baixa pressão o gás flui diretamente para o fogão conectado.

O efluente orgânico líquido é clorado antes de deixar o sistema com uma pastilha de cloro. O cloro é usado como um método adicional de redução de patógenos, adotado em caso de alimentação do equipamento com dejetos animais ou humanos.

Os sistemas de biodigestão e queima do biogás operam mecanicamente. Acionado, o fogão acende sem demora e fornece uma chama constante para cozinhar. O biogás é uma fonte renovável e limpa de energia, reduz as emissões de gases de efeito estufa, evitando a queima adicional de combustíveis fósseis e, portanto, é uma ótima maneira de combater a mudança climática global. Os biodigestores diminuem as emissões de gases de efeito estufa, capturando o biogás e utilizando-o como combustível, em vez de deixá-lo dissipar-se na atmosfera sem uso.

Fonte: http://www.ecoeficientes.com.br/home-biogas/




Veja também



Empresa brasileira cria biomassa sustentável e capaz de reduzir custos das obras em 40%
Pesquisa brasileira pretende gerar energia renovável a partir de resíduos industriais
Designer cria embalagens biodegradáveis usando algas
Software revoluciona a tomada de decisão para o design de embalagens