Cientistas transformam CO2 em carvão na Austrália




Pesquisadores usaram metais líquidos para transformar o dióxido de carbono de volta em carvão sólido, em um primeiro avanço mundial que poderia transformar nossa abordagem de captura e armazenamento de carbono. A equipe de pesquisa liderada pela RMIT Universidade de Melbourne, na Austrália, desenvolveu uma nova técnica que pode converter eficientemente o CO2 de um gás em partículas sólidas de carbono.

Publicado na revista Nature Communications, a pesquisa oferece um caminho alternativo para a remoção segura e permanente do gás de efeito estufa de nossa atmosfera. As tecnologias atuais de captura e armazenamento de carbono concentram-se na compactação do CO2 em forma líquida, transportando-o para um local adequado e injetando-o no subsolo. Mas, a implementação tem sido dificultada por desafios de engenharia, questões relacionadas à viabilidade econômica e preocupações ambientais sobre possíveis vazamentos dos locais de armazenamento.

“Enquanto não podemos literalmente voltar no tempo, transformar o dióxido de carbono novamente em carvão e enterrá-lo de volta no solo é como rebobinar o relógio das emissões”, afirma o pesquisador da RMIT, Dr. Torben Daeneke. Até o momento, o CO2 só foi convertido em sólido a temperaturas extremamente altas, tornando-o industrialmente inviável.

“Usando metais líquidos como catalisadores, mostramos que é possível transformar o gás novamente em carbono à temperatura ambiente, em um processo que é eficiente e escalável. Embora mais pesquisas precisam ser feitas, é um primeiro passo crucial para a entrega de armazenamento sólido de carbono”, explica o cientista.

Fonte: https://ciclovivo.com.br/planeta/mudancas-climaticas/cientistas-transformam-co%E2%82%82-carvao/




Veja também



A sustentabilidade do carro elétrico
Designer cria embalagens biodegradáveis usando algas
WINELEATHER: Marca italiana utiliza bagaço de uva para criar uma alternativa ao couro
Após contaminação do rio Pará, ONU diz que segurança ambiental deve ser prioridade na mineração.