Pavilhão é construído com 5 mil tijolos de plástico reciclado


Com sete cores diferentes, 5 mil tijolos foram usados para construir um pavilhão temporário em Hong Kong, especialmente para o Festival de Outono realizado em 2019. Feitos de polietileno de alta densidade, o mesmo plástico usado em garrafas plásticas, a construção deu um destino diferente ao resíduo e chamou a atenção para a questão ambiental o uso e possibilidade de reaproveitamento do plástico.

O desenho usava a variação de cores e forma para reproduzir uma chama, sensação intensificada por luzes e efeitos sonoros usados durante a noite.

Projetado pela Daydreamers Design, o pavilhão remetia a uma lanterna gigante, de 18 metros de diâmetro e 6 metros de altura, sem a necessidade de estruturas de fundação. O design modular permitiu que toda a construção fosse realizada em apenas 12 dias.

A lanterna foi escolhida por ser uma referência dos festivais de outono na região: as pessoas usam lanternas de vela com seus desejos escritos nas laterais, criando um ambiente iluminado por sonhos e boa energia, segundo a tradição.

Infelizmente, esta foi uma construção temporária, apenas para o festival e pôde ser admirada entre os dias 13 e 27 de setembro de 2019. Mas, serviu como um exemplo de como o plástico pode ser reaproveitado, reciclado e ter um destino diferente do que os aterros sanitários ou as águas dos oceanos.

Fonte: Ciclo Vivo




Veja também



Brasil perde R$ 3 bilhões ao ano por não reciclar resíduos
Cientistas apresentam “madeira transparente” para a construção civil
Coronavírus: voluntários ajudam comerciantes de São Carlos e mais três cidades durante a pandemia
Cápsulas de fertilizante feitas com gás carbônico reduzem impacto ambiental